Ibiapaba FM 101,5 - Réu por matar esposa e a jogar em viaduto no Ceará vai para a prisão domiciliar

Réu por matar esposa e a jogar em viaduto no Ceará vai para a prisão domiciliar

O assassinato é um dos feminicídios em Fortaleza de maior repercussão.


11/06/2024 09:00:24

Quatro anos e meio após a morte de Ana Angélica Pereira Capistrano, o ex-esposo da vítima, Carlos Alberto Soares Capistrano foi beneficiado com a prisão domiciliar. O assassinato é um dos feminicídios em Fortaleza de maior repercussão, devido ao requinte de crueldade da mulher ter sido empurrada de um carro em movimento e jogada em viaduto, mesmo após os disparos.

A decisão de levar Carlos à prisão domiciliar, com monitoramento eletrônico, foi embasada na impossibilidade de o réu ser mantido em hospital psiquiátrico, já que a única unidade para presos no Ceará está interditada devido a uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em 2022, um laudo assinado por uma médica de uma cooperativa de psiquiatras contratada pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) concluiu que o acusado tem sinais e sintomas compatíveis com o diagnóstico de transtornos mentais e comportamentais devido ao uso de álcool, e tinha capacidade de entendimento e autodeterminação reduzida quanto ao ilícito cometido.

NO AR Parada 101
- 05:00 às 07:00